"Todos os devaneios que me vão na cabeça, que me foram da cabeça e que me hão-de vir até à cabeça. Todas as mentiras e verdades que me foram impostas, todas as torturas que eu vi. Todos os momentos; um principio de vida, o meu desnascer."
Quinta-feira, 28 de Junho de 2007
MEIO ANO DE VIDA
 
Este blog, fez no dia 25 de Junho, meio ano.
Como todos os gajos que entrámos nesta tanga dos blogs, também eu tinha um objectivo quando criei “Os devaneios do Fausto”. A minha ideia inicial era ter um bocadinho de espaço, onde pudesse escrever sobre qualquer coisa. Queria falar aqui sobre situações que me tivessem marcado ao longo da minha vida, por exemplo: o nascimento dos meus sobrinhos, o vigésimo terceiro casamento do meu irmão, a criação de um terceiro padrasto, uma madrasta que não é madrasta porque o pai não é meu pai, etc.
Depois, bem depois a coisa deu para o torto e perante a reprovação familiar devido à exposição pública da mesma, comecei a fazer uso deste blog para passar a postar "sobre aquilo que me vem à cabeça": gajas, gajos, politica, futebol, vizinhos, benfica, gajas outra vez, etc.
Acho que já o disse aqui, cada um destes posts que por aqui fui colocando, foi parido com muita dor e intensidade. Continuo a ser ludibriado pelo meu teclado e pela porcaria dos meus devaneios, misturando-se com as ideias iniciais de cada texto. Essas, fogem-me a uma velocidade estonteante à medida que as vou escrevendo - este mesmo texto tinha como projecto inicial dizer que fiz meio-ano ano de blog, fiquem pois com essa ideia. Tudo resto é um delírio. Continuo a achar que o resultado final, nunca é o que eu tinha em mente, inicialmente.
Fico sempre cheio de dúvidas quando chega a hora de carregar naquele botão laranjinha que diz "publicar post". Destes textos todos, poderei gostar de uma dezena deles - eventualmente aqueles que não tiveram o trabalho do revisor oficial de erros, aqueles que nem sequer pensei nas consequências que deles poderiam advir. O resto, bem o resto coloco aqui porque me dá na real gana, essa que foi a mais bela das minhas conquistas da vida, dizer, escrever e fazer o que me apetece e marimbar no politicamente correcto.
Apesar de tudo guardo com especial carinho e paixão, as coisas boas que me aconteceram por ter este blog: aos amigos que ganhei, as pessoas que conheci, as coisas boas que me ensinaram, um colega de há mais de 20 anos com que voltei a escrever, uma amizade que revitalizei, etc...
Criei o blog sozinho. O Fausto Figueiredo, esse professor inimitável que tive e que me ensinou tudo o que sei dizer em Inglês, serviu para mim de referência, talvez pela coragem que ele, como invisual, tinha em relação à época.
Tinha e ainda tenho vergonha de dizer que tenho um blog. Também não me orgulho assim por aí além das coisas que escrevo por aqui. Uma semana depois do primeiro texto, quebrei o silêncio e contei ao meu irmão, tempos mais tarde disse aos meus amigos mais chegados, atitude que já revelou uma coragem fantástica. Os restantes leitores não sei de onde é que chegaram nem tão pouco como me descobriram, mas, diga-se de passagem, serão sempre bem-vindos. Não escrevo para aumentar o meu número de visitas nem para ter mais comments. Fico obviamente contente quando vejo que eles aparecem, mas ainda fico, um bocado, sem jeito quando sei que o fazem: ontem conheci pessoalmente uma pessoa que me lê. Não a conhecia de lado nenhum e fiquei meio parvo quando ela disse aquela frase: ah, eu conheço-te, costumo ler-te.
Meio ano depois, sei que escrevo, sei que opino, sei que aparvalho, sei que devaneio, o que não faço a menor ideia e nem consigo entender, é porque é que alguns me lêem e gostam. Bem, há quem goste da Ana Malhoa, portanto… “Há razões que a própria razão desconhece”

sinto-me: O DONO DO MUNDO
música: parabens a vç

publicado por faustofigueiredo às 14:13
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Taty sua filha a 28 de Junho de 2007 às 14:58
Não tenha medo de dizer a mais ninguem que vc tem um blog, vc escreve bem, tem um otimo senso de humor e é irreverente.
Parabéns.
Forte Abraço.

Taty.


De csae3@hotmail.com a 29 de Junho de 2007 às 12:02
Parabéns pelos seis meses. Sinceramente comecei a ler os blogs há apenas cinco, mas fiquei fã. quase todos os dias entro na pagina para ver se há algo novo, e como estou casada com um espanhol, tenho que o traduzir enquanto leio, para ele também . verdade que há vezes que leio e como não me apetece traduzir digo que não há nada novo... espero que me continues a deliciar com os teus textos.
um abraço com amizade do país dos Pirenéus . cocas


De elle_josy a 4 de Julho de 2007 às 05:42
Esse "dono do mundo" é fantástico!!! Nunca pare de escrever, ao contrário, precisa se dedicar mais e mais!


Comentar post

o que voçês queriam saber sobre mim
procure aqui
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

MEU NOVO BRINQUEDO DO BRA...

XAU

O NOVO BRINQUEDO DO FAUST...

FAUSTO DEIXOU DE SER MILI...

Composição do João

NÃO SOU CANDIDATO A LIDER...

O festival da canção e aq...

O futuro foi feito no ant...

Algo sobre as passitas de...

Fumex

Gilberto Vicente - um esg...

CESARIANA = GAY - Teorias

Resposta estupidas para p...

Informático-dependente

Uma gaivota de Abril, uma...

Velharias

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds