"Todos os devaneios que me vão na cabeça, que me foram da cabeça e que me hão-de vir até à cabeça. Todas as mentiras e verdades que me foram impostas, todas as torturas que eu vi. Todos os momentos; um principio de vida, o meu desnascer."
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008
8000 FAUSTIANOS É MUITA COISA
 
Às vezes, sento-me na minha secretária e pergunto-me se alguém de jeito lê ou já leu o meu pseudo-blogue, porque isto nem é bem um blogue, é mais pseudo.
Eu defino-o como pseudo-blog, porque não o actualizo todos os dias nem digo coisa com coisa, às vezes.
Mas a minha questão é. Já alguém, com todo o juízo perfeito leu isto, ou será que há oito mil tolinhos espalhados por aí?
Eu escrevo sempre com a fezada que alguém lê isso. Mas, pelo menos isto aqui serve de desabafo. Este blogue nada mais é do que uma espécie de amigalhaço, que escuta tudo e mais alguma coisa e não reclama.
Antigamente eu reclamava de umas coisas tão pequenas, tão sem sentido…, coisas que agora analiso e vejo que realmente eu era feliz e não sabia. Pois é, daqui a alguns anitos faço meio século e estou cada vez mais rezingão e fantástico. Estou com aquela coisa que se costuma dizer, “já não pago mais pelos meus pecados, portanto posso dizer o que me apetecer”.
Há uma pergunta que se me ofusca os neurónios com bastante frequência. Se há humanos que não gostam de um blog porque é que insistem em ir lá, darem-se ao trabalho de ler o que se escreve por lá e, mais grave ainda, no fim de tudo, perderem tempo a deixarem comentários a insultar a ideia fantástica que o autor acabou de ter.
Quando dizem que os nossos blogs não prestam e que são uma “merda”, então o que dizer de vocês que não fazem outra coisa a não ser ler e insultar esses próprios blogs? Provavelmente chamar-vos flatulências falhadas, transformadas em composições moles e pegajosas e com um cheiro activo a… merda.
A Blogosfera é neste momento, a maior comunidade de opinião mundial. Reflecte a opinião de uma quantidade de gente, malucos e não só, que efusivamente ou recatadamente, decide publicar o que pensam sobre os mais variados e estúpidos assuntos. Um blogue é isto mesmo, uma panóplia de opiniões publicadas no espaço virtual. E opinar, não é mais que opinar uma ficção, descrever uma realidade que tomamos como verdade. Claro que a grande maioria dos posts, que se publicam diariamente, não passam de lixo blogo-intelectual, de autores que acham que os seus escritos são jóias de ouro mentais, que são legíveis e/ou com matéria necessária para o desenvolvimento do resto do planeta, só porque têm um computador e tempo disponível para se sentarem a escrever.
Este blogue vai acabar, quando o contador marcar 100.000. Quando chegar esse dia gostaria de escrever o seguinte:
 
Minhas senhoras, meus senhores, habitantes do planeta terra, Faustianos em geral: - venho por este meio, formal e solenemente, dar baixa da minha prestação como fantástico autor deste blogue. Oficialmente, a partir de hoje, converto-me numa ausência. Obrigado por lerem esta porcaria


publicado por faustofigueiredo às 16:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008
DEVANEIOS MAIS DO QUE PROFUNDOS
Tem alturas que acordo com uma vontade devoradora de devanear. Arranco o Fausto que há dentro de mim e escrevo desmesuradamente grandes asneiradas. Saem de dentro desta cabecinha, idolatrada por uns e incompreendida por outros.
Por exemplo:
 
1 - O zero pode ser o ponto de chegada de todas as saídas. Mas é sobretudo o ponto de partida de muitas entradas. Nem só de letras vive o mundo...
 
 2 - Deixei a agulha e a linha e o tapete bordado... mas algumas pontas soltas... Tenho a bola e a baliza aberta... mas o pé lesionado...
 
3 - "Se elas virarem gajos, a gente a modos que vira gaja!"
 
Não sei muito bem o que isto tudo quer dizer, mas que é profundo é…
Será que, assim como o Scolari que não quer gente com a "bunda grande", eu também libertei outra vez a gaja (desta vez loira) que há em mim?

sinto-me: loira

publicado por faustofigueiredo às 12:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008
TERRORISMO

Portugal é um país de trânsito

 devido à proximidade com

Espanha e Norte de África

 

 Que devemos fazer? Colocar uns semáforos? ASAE? Mudar de sitio?



publicado por faustofigueiredo às 17:46
link do post | comentar | favorito

PARTIR PEDRA EM PEDREIRA ALHEIA
 Há coisas que não encaixo, por muito Faustiano que eu seja, por muito moderno que eu tente ser. Ontem a campa rasa onde está sepultado Oliveira Salazar, no cemitério de Vimieiro, em Santa Comba Dão, foi vandalizada durante a madrugada. A lápide onde está a fotografia do estadista foi atingida à pedrada.
Quando se julgava que a agitação, que foi após as eleições para o maior portuga de todos os tempos, já passara, eis que a imagem da lápide da campa do antigo Presidente do Conselho acaba de ser alvo de puro vandalismo.
Porém, questiono-me se o ocorrido não se deverá antes ao facto do Dr. Salazar andar às voltas na campa, ao ver o estado a que a nossa Nação e este Estado Democrático, chegaram.
Odeio vandalismos de qualquer espécie. Mas gosto ainda menos quando estes são nos cemitérios. Porque os cemitérios são lugares inofensivos, cheios de gente que já foi, e que nada pode fazer para se defender.
Não consigo compreender, por mais que me esforce, como é que mais de 30 anos depois da sua morte, ainda haja gente com paciência e malvadez, de se enfiar num cemitério a meio da noite apenas e só para ir danificar uma campa, seja ela de Salazar ou de outro qualquer.
No entanto, dou conta agora que as reacções face a estes actos são muito mais brandas do que quando foram vandalizadas campas num cemitério judaico (acto igualmente condenável, como já referi atrás). Nessa altura, ouvimos declarações do Alto Comissário para a Integração e Minorias Étnicas, condenando o acto, vimos jornalistas à porta do cemitério a reconstituir as acções, políticos e comentadores a opinar, acompanhámos a par e passo os procedimentos de investigação policial até à detenção dos suspeitos...enfim, houve sobre esse caso uma atenção bastante mediática. Portanto, resta saber o que é que a sociedade condena. Será o acto de vandalismo de uma campa? Ou será apenas o acto de vandalismo de uma campa num cemitério judaico?
Será que se a campa do Dr. Álvaro Cunhal fosse vandalizada, as reacções seriam as mesmas? Estou em crer que não. A indignação geral seria uma realidade e toda a gente se apressaria a condenar aquele acto.
Serve isto para dizer apenas que nem só os judeus ou os comunistas têm memórias. Não discuto aqui a bondade ou maldade de Salazar, manifesto-me apenas pela preservação da sua memória, que merece respeito. É uma campa simples, uma pedra grosseira assente na terra amarelada e seca do cemitério. É igual a todas as outras campas anónimas que lá se encontram. A única coisa que a distingue das outras, são as placas em sua homenagem, colocadas na parede, por admiradores, ou melhor, respeitadores seus. As placas são bastante recentes. São mais recentes até que a pintura caiada que das paredes daquele humilde cemitério de aldeia!
Acho que andamos todos enganados...
Enganados por aqueles que conquistaram o poder depois de Abril de 74 e que enriquecem à custa do povo Português.
Tanta pompa e circunstancia para esta gentalha que só têm conduzido o país para a ruína ao mesmo tempo que enche a barriga dos “grandes amigalhaços”…
Ainda um dia vou saber se as campas de Soares, Barroso, Cavaco Silva, Sócrates, Sampaio, etc., vão ser tão humildes.
Salazar nasceu pobre, viveu austero, morreu pobre... A sua campa é o seu reflexo: é a campa de um Homem pobre, que viveu a julgar que estava a fazer o melhor pelo seu país. Não roubou os portugueses, como o fazem, todos os dias, grande parte dos políticos, inergumenos, que tomaram Portugal de assalto depois de Abril.
Hoje, depois de muito pensar e de já muitos considerandos acerca deste assunto e de grandes desilusões acerca desta falsa Democracia, a direita nacionalista ganhou mais um voto: o meu.

sinto-me:

publicado por faustofigueiredo às 13:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008
NOTICIA FANTÁSTICA
 
Hugo Chávez mastiga coca todos os dias pela manhã.”
 
A notícia caiu como uma bomba nos meios jornalísticos mundiais.
O próprio revelou a prática em meados deste mês, quando pediu durante um discurso na Assembleia Nacional para que a associação dos produtores de coca, encabeçada pelo líder boliviano Evo Morales, não seja criminalizada. «A coca não é cocaína. Eu mastigo coca todos os dias pela manhã e vejam como estou», disse Chávez, provocando gargalhadas dos ouvintes enquanto mostrava o bíceps. «Evo manda-me a pasta de coca. Eu recomendo, recomendo», acrescentou Chávez durante o discurso transmitido na televisão.
Entretanto, sectores da oposição não acharam piada ao comentário e pediram à procuradoria para acusar Chávez de incentivar o consumo de drogas e exigir que se submeta a um exame de controlo toxicológico. «Vamos pedir que se faça um exame toxicológico ao presidente da República, como se faz a qualquer pessoa, a qualquer jogador», disse o líder da oposição Antonio Ledezma, do pequeno partido Alianza Bravo Pueblo. «Mas o mais grave é que é uma apologia ao consumo de drogas enquanto se exibe como um homem forte, como um homem vigoroso», acrescentou Ledezma. Adversários do líder de esquerda já haviam pedido antes à Justiça que obrigasse Chávez a submeter-se a exames para comprovar o seu estado de saúde mental, mas a petição foi recusada.
 
Enfim, agora sim é caso para dizer:
Hei Chávez - ?? PORQUE NON TE CALLAS??


publicado por faustofigueiredo às 14:03
link do post | comentar | favorito

PREVISÕES DO FAUSTO, E NÃO SÓ, PARA 2008
 
 
Num principio do ano de 2008, cheio de novidades e mariquices, eis que senão quando, há sempre uns idiotas a fazer previsões para os 365 dias que se seguem. Não quis, eu Fausto Figueiredo, previsionador fantástico, ficar atrás desses pseudo bruxos de esquina e vai de olhar para o céu e para o oráculo (acho que é assim que se diz) e começar a botar previsões cá para fora. As que li algures e as que a imagem, nébula, me agraciaram os deuses.
Ai vai:
 
1 - Manoel de Oliveira grava sequela de Aniki Bóbó utilizando apenas câmaras de vídeo-vigilância da zona da Ribeira no Porto.
2 - Manoel Oliveira faz também 100 anos.
A Multi-Opticas dá uns óculos de borla ao Manoel de Oliveira.
3 - Isaltino Morais é o primeiro presidente de câmara a usar pulseira electrónica.
4 - Felgueiras a segunda.
5 - Nossa Sr.ª faz nova aparição em poste de muita alta tensão.
6 - Sócrates nomeia Armando Vara para presidente do Benfica.
7 - Armando Vara faz birra porque quer ir para o BCP.
8 - O Benfica é alvo de inquérito movido pelo Banco de Portugal
9 - Rui Costa é considerado o melhor veterano no ano, galardoado com a águia d´ouro
10 - Francisco Louçã usa uma gravata às riscas durante uma sessão da AR.
11 - Sempre inspirado por Sarkozy, mas à sua escala, Luis Filipe Menezes começa a namorar com Mafalda Veiga e cantam juntos em concerto memorável, acompanhados à viola pelo não menos famoso casapiano João Pedro Pais.
12 - Carlos Cruz é nomeado director de programas do canal Panda.
13 - BCP lança campanha de spread 0 para militantes do PS com as quotas em dia.
14 - Joe Berardo inscreve-se em curso de terapia da fala e já consegue cantar as canções mais complicadas de Sérgio Godinho.
15 - Joe candidata-se à presidência do Benfica e fala mal de Armando Vara, do governo e do Bush, continuando o seu périplo de mal dizer de tudo e de todos.
16 - Joe volta a dizer Fuck You em directo.
17 - Francisco Louçã usa uma gravata cor-de-rosa, durante uma sessão da AR.
18 - ASAE lança franchising de restaurantes de fast-food.
19 - Finalmente pode voltar a fumar-se no edifício da AR, para isso o governo vai instalar umas slot-machines nos corredores.
20 - Vanessa Fernandes será a nova namorada de Cristiano Ronaldo.
21 - Cristiano Ronaldo vai dizer em Inglês que está apaixonado.
22 - Cristiano Ronaldo vai começa a dizer Phonix, por tudo e por nada.
23 - Vão aparecer novas oportunistas, nas capas do The Times, a dizer que Cristiano Ronaldo é bom na cama. Vanessa também aparece na revista.
24 - Galp descobre petróleo no deserto de Alcochete.
25 - Alcochete fornece petróleo ao Brasil.
26 - O futuro aeroporto terá de mudar de lugar. Irão fazer-se nova investigação e estudos ambientais.
27 - Governo escolhe a barragem do Alqueva para localização do novo Aeroporto de Lisboa. A grande obra de engenharia obriga à drenagem e terraplanagem da barragem; só o orçamento da obra demorará dois anos a ser feito.
28 - Julgamento Casa Pia é anulado porque vítimas, que entretanto envelheceram e sofrem de alzheimer, não conseguem depor a mesma história que descreveram no início do processo.
29 - Mourinho é vencedor da Liga do Jornal Record.
30 - Mourinho nega contactos com Armando Vara.
31 - Mourinho diz que em Portugal só treinará o BCP-futsal.
32 - Berardo conversa com Mourinho.
33 - Pedro Santana Lopes diz que viveu parte da sua juventude em Ílhavo, e assume paternidade de Ribau Esteves.
34 - Selecção Nacional de Rugby ganha finalmente um jogo.
35 - Marques Mendes só é visto no último trimestre de 2008 numa câmara de vigilância da Zara Kids.
36 - Tratado de Lisboa é anulado, pois Sócrates rubricou "Sócrates O Magnifico" em todas as páginas.
37 - O governo quer levar a assinatura do novo tratado para a OTA.
38 - O Gabinete de Engenharia Nacional reprova esta medida, por a zona ser muito pantanosa, não dando garantias de estabilidade.
39 - O Novo tratado de Lisboa é assinado em Alcochete, junto a um poço de petróleo.
40 - Scolari consegue feito inédito ao ser campeão da Europa só com empates.
41 - Murtosa é despedido em vez de Scolari.
42 - Chalana diz que faz falta um esquerdino e quer voltar à selecção.
43 - Ministro da saúde, Correia Campos diz que não está agarrado à cadeira do poder.
44 - Ministro da saúde, Correia de Campos encerra-se no seu próprio gabinete e engole a chave.


publicado por faustofigueiredo às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008
IMPARCIALIDADE JORNALISTICA
PS1 - Um arqui-inimigo, vermelhasco de natureza, daqueles ferrenhos, enviou-me uma história comovente que passo a contar:
PS2 - Desculpem, mas o meu coração só é vermelho, por causa do sangue que o irriga.
Aqui vai:
Dois gajos estavam a sair do Estádio de Alvalade, quando um deles é
atacado, ferozmente, por um cão, da raça Rottweiler. O outro gajo, imediatamente, agarra num tubo de metal e dá com ele na cabeça do animal, matando-o, permitindo assim que o amigo escape apenas com alguns arranhões.
Ao ver a cena, um jornalista que passava pelo local correu para ser o primeiro a cobrir o acontecimento e escreveu no seu caderno:
"Jovem verde e branco, salva amigo do ataque de um cão."
- Mas eu não sou verde e branco, disse o tipo salvador. E então, o repórter corrige para:
"Bravo pequeno herói benfiquista salva amigo das garras de animal feroz".
- Mas eu também não sou vermelhasco, disse o gajo novamente. - Desculpa outra vez, apenas pensei que como estamos em Lisboa e não és verde e branco, deverias ser benfiquista. Afinal, de que equipa és tu?
- Sou Azul do Norte
E o repórter volta a escrever em seu caderno:
"Delinquente portista assassina brutalmente animal doméstico indefeso"
 
Esta é a realidade do que se passa em Marrocos (a Sul do Mondego). A única farpa que conseguimos colocar lá para aquelas bandas foi o Artur Jorge, qual 11 de Setembro, qual Bin Laden. O mesmo a quem o Bush recorreu há cerca de um mês para dar cabo do Irão através da selecção de futebol, e que eles não caíram nisso.
Ah, é verdade, o jornalista, escusado seria de dizer, foi promovido, evidentemente.

sinto-me: adepto
música: Estes são os filhos do dragão

publicado por faustofigueiredo às 14:52
link do post | comentar | favorito

TRADUÇÕES MENOS DOLOROSAS
 
Fim-de-semana é para quem os goza. Não é o meu caso. Estive em reunião com um grupo anormais e um grupo de pseudo pedagogos. É uma combinação interessante. A inteligência e a sabedoria não abundou naquela sala, mas o dinheiro sim... Valha-nos ao menos isso...
A certa altura, pausa para almoçar. Comi pouco, mas bebi um café e fumei um cigarro… do vizinho, sim, por aqui também temos cafés e restaurantes para fumadores, e como eu não uso desse vício, tive de fumar o do vizinho.
Estive como que a fazer de casamenteiro, juntando um homem rico mas desconfiado (pseudo pedagogo), com outro homem, em dificuldades, e que não sabe estar calado (anormal). Eu só queria o bem deles, o bem deles é também o meu bem... rica coincidência!
 
Estava a meio caminho do objectivo mas só me apetecia gritar:
"Ó meu mentecapto repugnante, porque é que não vais para o pénis que faça sexo contigo próprio? Não passas de um monte de fezes fétidas, fedorentas, que me dá urticária na zona genital. Gostaria que fosses contorcionista, de maneira, a que te fosse possível penetrar com o teu mastro sexual o teu próprio intestino grosso, assim subirias ao céu, devido ao duplo prazer se "sexar" e seres "sexado". És um ser irracional, um ser do paleolítico inferior, perro como uma porta."
Tradução:
"Ó minha besta nojenta, porque é que não vais para o c… que te f…? Não passas de um monte de merda mal cheiroso, que me dá comichão no c…. Vai-te f…, para sentires o prazer de f… e seres f…. És uma besta primitiva, burro como uma porta."
Os palavrões são sempre úteis, poupamos saliva, tempo, o nosso latim e não corremos o risco do alvo não perceber a mensagem. No entanto, continuo a dizer que os palavrões são injustiçados, pois considero de longe, a versão não traduzida bem mais ofensiva, mas a versão traduzida é aquela que e alivia o stress...
No próximo fim-de-semana, vou ao futebol, tentar traduzir o que dizem ao árbitro e à sua mãe.


publicado por faustofigueiredo às 13:11
link do post | comentar | favorito

DUVIDAS
 
Se nascemos para morrer, porque é que complicamos tanto o entretanto?

sinto-me: pensador nato

publicado por faustofigueiredo às 13:09
link do post | comentar | favorito

EXPRESSÕES
 
Adoro estas expressões:
 
  1. Do tamanho do mundo
  2. Foi como os incêndios, já ardeu…
  3. Muito mais longe que além-mar.
  4. Esta árvore está aqui há mais de 3000 anos, está aqui desde o princípio do mundo.
  5. Vai daqui até que os olhos alcancem.
  6. È como a lógica da batata.
  7. Nós a falarmos de batatas e tu a discutires o preço da cebola.
 
Delicioso…

sinto-me: Portista carago
música: pronuncia do norte - GNR

publicado por faustofigueiredo às 13:07
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008
UMAS BOAS PERGUNTAS
Há E-mail´s fantásticos. E como fantástico que é, não podia deixar de publica-los. Minha irmã mais nova mandou-me este, e como não consegui responder a 95% delas, espero que algum de vocês ajude.
 
 
 
1. Como é que se escreve zero em algarismos Romanos?

2. Porque é que os Flintstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo?

3. Porque é que os filmes de batalha espaciais têm explosões tão barulhentas se o som não se propaga no vácuo?

4. Se depois do banho estamos limpos porque é que lavamos a toalha?

5. Se Deus está em todo lugar, porque é que as pessoas olham para cima para falar com ele?

6. Se os homens são todos iguais, porque é que as mulheres escolhem tanto?

7. Porque é que a palavra “Grande” é menor do que a palavra “Pequeno”?

8. Porque é que “Separado” se escreve tudo junto e “Tudo junto” se escreve separado?

9. Se o vinho é líquido, como pode existir vinho seco?
 
10. Porque é que as luas dos outros planetas têm nome mas a nossa se chama só lua?

11. Por que as pessoas apertam o comando da televisão com mais força quando a pilha está fraca?

12. O instituto que emite os certificados de qualidade ISO 9002 tem qualidade certificada por quem?

13. Quando inventaram o relógio como sabiam que horas eram para poder acertá-lo?

14. Se a ciência consegue desvendar até os mistérios do DNA, porque é que ninguém descobriu ainda a fórmula da Coca-Cola?

15. Como foi que a placa “É Proibido Pisar a Relva” foi lá colocada?

16. Porque é que quando alguém nos pede que ajudemos a procurar um objecto perdido temos a mania de perguntar: “Onde é que perdeste?”?

17. Porque é que há pessoas que acordam os outros para perguntar se estavam a dormir?
 
18. Porque é que os ginecologistas saem do consultório para as mulheres se despirem?

19. Se uma pessoa comprar um terreno, ela possui o terreno todo até ao centro da terra?

20. Porque é que se chama «Alcoólicos Anónimos» quando a primeira coisa que fazemos é dizer «O meu nome é Zé Luís e sou alcoólico»?

21. Porque é que há luz no frigorífico e não há no congelador?

22. Porque é que a água mineral que corre pelas montanhas durante séculos tem uma data para consumo?

23. Porque é que as torradeiras têm sempre uma opção para uma temperatura tão alta que queima as torradas todas?

24. Porque é que os pilotos kamikaze usam capacete?

25. Quem foi a primeira pessoa que olhou para uma vaca e disse «Acho que vou espremer estas coisas compridas e beber o que quer que saia de lá de dentro»?

26. Porque é que quando uma pessoa pergunta as horas aponta para o pulso e quando pergunta onde é a casa de banho não aponta para as partes?

27. Porque é que as agulhas para injecções letais dos condenados à morte são esterilizadas?
 


publicado por faustofigueiredo às 18:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008
RESOLUÇÃO PARA A FALTA DE TEMPO
 
Pensava todos os dias, porque raio o iluminado gajo não fez os dias com 36 horas? Dava um jeitão mesmo. Para tudo e mais alguma coisa, senão vejamos: - Dizem que todos os dias devemos comer uma maçã para o ferro e uma banana para o potássio, ainda e também uma laranja, para a Vitamina C, meio melão para melhorar a digestão e uma chávena de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes. Todos os dias temos que beber dois litros de água (sim, e logo a seguir deitá-los fora, o que leva quase o dobro do tempo que os levei a beber). Todos os dias devemos tomar um Activia ou um iogurte para ter “L. Cassei Defensis”, que ninguém sabe exactamente o que raio é que é mas acho que se não ingeres um milhão e meio todos os dias começas a ver toda a gente com uma grande caganeira ou presos dos intestinos, não há meio termo. Cada dia uma aspirina, para prevenir os enfartes mais um copo de vinho tinto, para a mesma gaita. E outro de vinho branco, para o sistema nervoso. E um de Whisky, que já não me lembro bem para o que é. Se os tomares todos juntos, provavelmente terás um derrame cerebral ali mesmo. Mas não se devem preocupar, pois o mais provável é que nem se dêem conta disso. Todos os dias tens que comer fibras. Muita, muita fibra, até que sejam capazes de defecar uma alheira bem grossa. Temos que fazer quatro a seis refeições diárias levezinhas sem se esquecerem de mastigar 50 vezes cada garfada.
Ora, fazendo um pequeno cálculo apenas a comer vão-se assim de repente umas cinco horitas. Ah, depois de cada refeição deves escovar bem os dentes, ou seja: depois do Activia e da fibra os dentes depois da maçã os dentes depois da banana os dentes e assim, enquanto tiveres dentes sem te esqueceres nunca de passar o fio dental massaja dor das gengivas e bochechar com PLAX... Melhor, amplifica a casa de banho e põe a aparelhagem de música lá porque entre a água, a fibra e os dentes vais passar horas do dia ali dentro. Equipa-o também de jornais e revistas para vos porem a par do que se passa enquanto sentados na sanita
Temos que dormir oito horas e trabalhar outras tantas. As cinco que usamos a comer, faz vinte e uma. Restam três horas sempre que não surja algum imprevisto. Segundo as estatísticas, vemos três horas de televisão
diárias. Bem, já não podes porque todos os dias devemos caminhar pelo menos uma trinta minutos. E há que cuidar das amizades porque são como uma árvore: temos que as regar diariamente. E quando vais de férias, também, suponho, senão as arvores morrem entretanto. Para além disso há que estar bem informado e ler pelo menos um dos jornais diários e outro de uma revista séria para comparar a informação. Ah! E temos que ter sexo todos os dias mas sem cair na rotina: temos que ser inovadores, criativos, renovar a sedução. Isso leva o seu tempo. E já nem estamos a falar do sexo tântrico! (A respeito disso, relembro: depois de cada refeição temos que escovar os dentes!) Também temos que arranjar tempo para o engate, para fazer a barba, lavar o carro, pôr a lavar a roupa, pôr a lavar os pratos
e já nem digo, os que têm gatos, cães e uma mão cheia de filhos...
No total, a mim dá-me umas 30 horas diárias se nunca pararmos.
A única possibilidade que me ocorre é fazer várias destas coisas ao mesmo tempo: por exemplo, tomas duche com água fria e com a boca aberta, e assim bebes logo os dois litros de água de uma vez. Enquanto sais do banho coma escova de dentes na boca, vais fazendo o amor, o sexo tântrico, parado, junto ao teu mais que tudo, que de passagem vê televisão e te vai contando o que se passa, enquanto ela varre a casa nós fumamos um cigarro, que em nossa casa é permitido. Sobrou uma mão livre? Há que telefonar aos amigos, aos pais e aos irmãos! Beber o vinho (depois de telefonar aos teus irmãos vai fazer falta!). O iogurte com a maçã pode ser dado pelo teu par enquanto ele come a banana com a Activia. No dia seguinte troquem. E ainda bem que já crescemos, porque senão tínhamos que engolir mais umas Cerelac´s e um  Danoninho Extra Cálcio todos os santos dias. Úuuuf!
Mas se vos restam 2 minutos, comam uma colherzinha de Muesli ou Al-Bran, que faz muito bem...E agora vou deixar-vos, porque entre o iogurte, o meio melão o primeiro litro de água e a terceira refeição do dia já não faço a mínima ideia o que é que estou para aqui a dizer, porque preciso urgentemente de uma casa de banho. Ah, vou aproveitar e levo comigo a escova de dentes e o telemóvel...


publicado por faustofigueiredo às 17:21
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

DIFERENÇAS
A partir de agora, além do dicionário Faustiano, vou instituir mais dois tipos de dicionários, o Masculino e o Feminino.
DICIONÁRIO FEMININO
Sim. = Não.
Não. = Sim.
Talvez... = Não.
Não sei se será assim. = Vai ser como eu quero.
Nós queremos. = EU quero.
Faz como quiseres. = Vais pagar muito caro por isto!
Precisamos de conversar... = Agora vais ouvir.
Vai em frente. = Não quero que vás.
Não estou chateada. = Lógico que estou chateada.
Sê romântico, apaga as luzes... = Sinto-me gorda.
Esta cozinha não dá muito jeito = Quero uma casa nova.
Até que ponto me amas? = Bati com o carro...
Estou pronta num minuto! = Tira os sapatos, escolhe um canal de TV e relaxa.
Estou gorda? = Diz que estou bonita.
Precisas de aprender a comunicar. = Tens de concordar sempre comigo.
Não estou a gritar! = Vou dar cabo disto tudo
 
DICIONÁRIO MASCULINO
Estou com fome. = Estou com fome.
Estou com sono. = Estou com sono.
Estou cansado. = Estou cansado.
Queres ir ao cinema? = Vamos fazer sexo?
Posso convidar-te para jantar? = Vamos fazer sexo?
Posso ligar-te? = Vamos fazer sexo?
Queres dançar comigo? = Vamos fazer sexo?
Bonito vestido! = Que decote! Vamos fazer sexo?
Pareces tensa... Deixa-me fazer-te uma massagem. = Vamos fazer sexo?
Estou chateado. = Vamos fazer sexo?
Amo-te! = Vamos fazer sexo, agora?
Vamos conversar... = Vamos fazer sexo...
Queres casar comigo? = Não quero que andes por aí a fazer sexo com outros.
Gosto mais desse... = Qualquer vestido serve, Vamos fazer sexo de uma vez?


publicado por faustofigueiredo às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008
E O VENCEDOR É… ALL COCHETE
Olé, Olé, olé, olé
(palmas)
allcochete olé, allcochete olé, allcochete olé, allcochete olé
allcochete! allcochete! (com dois LL, sim não é erro, é moda)
O governo para lá anunciou uma decisão para o novo aeroporto de Marrocos, perdão, de Lisboa. Afinal é verdade, Alcochete lá acabou por ganhar. Foi uma final bastante renhida. Depois do concorrente directo ter sido eliminado, Alcochete ganhou com cerca de 20 pontos de vantagem, e o facto de este apenas ter entrado a meio da competição não o impediu de eliminar os restantes. Agora vêem aí estudos e mais estudos para financiar uns gajos que dizem sim ao que der e vier, mais uns milhões para estudos, menos uns euros aos reformados, mais uns euros aos gestores, mais uns carros novos, mais umas derrapagens, etc.
Quanto ao jogo em si, embora o vencedor tenha jogado fora, e com terreno alagado, conseguiu uma grande penalidade aos cinco meses, dois dias e nove minutos do jogo, quando o fantástico Mário Lino, fez de Mário Lino e tentou-o rasteirar, enquanto o senhor Inginheiro Sócrates, o distraía com o fecho de maternidades e de urgências. A bola lá entrou e o resultado de 4-5, manteve-se até ao fim. Lino e Sócrates estão impedidos de jogar os próximos dois jogos.
Quanto ao nome do futuro, acho que ficava o “must”:

Aeroporto de ALL COCHETE



publicado por faustofigueiredo às 18:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008
ESSA NOBRE ARTE DE OBSERVAR GAJAS POR AÍ
 
Tenho convivido toda a minha vida com o pânico, de um dia, um dos meus relacionamentos amorosos resultar. Não fazem ideia como é aflitivo estar na eminência de ser um gajo bem sucedido no amor. Não é que me dê mal com os compromissos, de modo algum. Dêem-me 7 ou 8 anos e até me adapto facilmente à ideia da exclusividade. Agora, deixar de olhar para outras mulheres é que nem me passa pela cabeça. Quanto a mim, a exigência implícita de que mal tenhamos um relacionamento sério temos de parar de olhar para outras e concentrar-nos na única que temos, é que é o grande problema da nossa sociedade mesquinha.
Muitos se perguntam: como saber quando uma relação está a ficar mais séria? Pois meus amigos, uma relação está a ficar terrivelmente séria quando a nossa companheira nos brinda com a frase, “Estás a olhar para onde?”. Ora, isto dá-me cabo da cabeça, porque elas sabem muito bem para onde é que estamos a olhar. Este breve reparo permite-nos retirar em simultâneo três lições essenciais à nossa sobrevivência: primeira, ela está já a funcionar em modo monogâmico. Alerta “Vermelho”, segunda, estamos a dar demasiado nas vistas; terceira, há razões de sobra para ficarmos bastante satisfeitos connosco próprios. Apesar de nos encontrarmos por esta altura em liberdade precária, ainda não perdemos a capacidade de destrinçar beldades rechonchudas ou esbeltas, quando um golpe do destino as coloca no nosso caminho.
Eu me confesso que, observar mulheres, é na realidade o meu grande hobbie e um dos meus grandes prazeres. Em todos as viagens e percursos que faço, activo o radar e o sonar e ponho-me a procurar pontos de referência. No entanto, observo-as de forma libidinosa muito menos vezes do que aquelas que gostaria. Simplesmente tenho de as ver a todas. Sinto que estou a compor uma espécie de álbum fotográfico para a posterioridade. Inconscientemente e enquanto homem sei que estou obrigado a armazenar nos meus arquivos cerebrais, o maior número possível de imagens de gajas. Talvez mesmo todas as boas gajas do mundo. O estimulante é que é uma missão que nunca está concluída. Haverá sempre mais e mais mulheres para vermos, algumas delas que vivem em países, passeiam em ruas e frequentam ginásios que nunca visitaremos.
Eu sou um caso perdido, bem sei. Mas há tipos que querem mudar. Para esses, gostaria de sugerir a toda a comunidade científica que arranje um tempinho, digamos, entre a cura para a sida e a vacina para a gripe das aves, e trabalhe num projecto que ajude a acabar com este vício. Lembrei-me que um pouco à semelhança dos pensos de nicotina para deixar de fumar, poderiam lançar no mercado pensos que forneçam a dose diária de mulheres que o organismo necessita. Começava-se por usar pensos que equivalem a 20 mulheres por dia, depois baixava-se para as 10 e assim sucessivamente até se estar completamente desintoxicado, pela módica quantia de 150€. Era capaz de ser interessante.
Duvido muito que sozinho alguém seja capaz. É um hábito extremamente difícil de se perder. Atenção, estamos a falar de pessoas que olham para o sexo oposto há vinte, trinta anos ou mais. Para deixar de reparar nelas é preciso muita força de vontade. E alguma miopia também. Invariavelmente, todos tentam e muito poucos têm o azar de conseguir. Estou a imaginar a coinversa:
- Uau, olha-me bem para aquela gaja!
- Obrigado mas não. Ando a tentar deixar.
- Ah. Não sabia que tinhas namorada nova.
- Pois.
- Estás a aguentar-te bem ou quê?
- Tou a ir devagar pá, ando só a olhar para três ou quatro por dia.
- Hum... Reduziste bastante. Como é que te sentes?
- Mal, uma pessoa ao princípio não sabe onde é que há-de pôr os olhos.
- Eu também já tentei mas tive uma recaída. Não olhava para ninguém há 3 meses e 2 dias, levaram-me a um dancing-bar e foi uma desgraça.
- Nem me digas nada. Eu já mal saio de casa.
- Não te quero desmoralizar mas olha que quando chegar o Verão...
- Eu sei. É preciso é pensamento positivo: pode ser que o namoro não dure tanto tempo.
 
Enquanto não deixo, vou continuar a aperfeiçoar a arte de observar todas as gajas, com pinta e com classe.

sinto-me: bem

publicado por faustofigueiredo às 19:33
link do post | comentar | favorito

o que voçês queriam saber sobre mim
procure aqui
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

MEU NOVO BRINQUEDO DO BRA...

XAU

O NOVO BRINQUEDO DO FAUST...

FAUSTO DEIXOU DE SER MILI...

Composição do João

NÃO SOU CANDIDATO A LIDER...

O festival da canção e aq...

O futuro foi feito no ant...

Algo sobre as passitas de...

Fumex

Gilberto Vicente - um esg...

CESARIANA = GAY - Teorias

Resposta estupidas para p...

Informático-dependente

Uma gaivota de Abril, uma...

Velharias

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

links
famoso piquenique
curiosos
alquiler de pisos
alquiler de pisos
blogs SAPO
subscrever feeds