"Todos os devaneios que me vão na cabeça, que me foram da cabeça e que me hão-de vir até à cabeça. Todas as mentiras e verdades que me foram impostas, todas as torturas que eu vi. Todos os momentos; um principio de vida, o meu desnascer."
Quinta-feira, 24 de Abril de 2008
Uma gaivota de Abril, uma gaivota na vida

Um cantor apregoava que eles não sabem nem sonham e que o sonho comanda a vida. Tantas vezes cantamos e ouvimos essa acusação, na voz grossa e rouca do cantor.

Como um poema, cantado por um grupo de mulheres em passeio, a atestar num cântico amoroso de que uma gaivota voava. Voava... Por causa de um ideal de liberdade.

Tantos silêncios, tanta solidão!

As gaivotas que lhes traziam o cheiro a mar nas asas. Uma gaivota voava, voava, cantavam elas... E agora? Agora voam os carreiras e outras coisas esquisitas do género.

Ninguém que ame a liberdade jamais poderá esquecer que uma gaivota voava... Mas as gaivotas voam, vejam, as gaivotas ainda voam! Que os poetas e os músicos jamais silenciem o doce nome da liberdade - as gaivotas nunca deixarão de voar nem mesmo os que já perderam a voz, deixarão de sonhar!

 

Somos livres (uma gaivota voava voava)

Letra e música: Ermelinda Duarte

 

Ontem apenas

fomos a voz sufocada

dum povo a dizer não quero;

fomos os bobos-do-rei

mastigando desespero.

 

Ontem apenas

fomos o povo a chorar

na sarjeta dos que, à força,

ultrajaram e venderam

esta terra, hoje nossa.

 

Uma gaivota voava, voava,

assas de vento,

coração de mar.

Como ela, somos livres,

somos livres de voar.

 

Uma papoila crescia, crescia,

grito vermelho

num campo cualquer.

Como ela somos livres,

somos livres de crescer.

 

Uma criança dizia, dizia

"quando for grande

não vou combater".

Como ela, somos livres,

somos livres de dizer.

 

Somos um povo que cerra fileiras,

parte à conquista

do pão e da paz.

Somos livres, somos livres,

não voltaremos atrás.

 

O meu contributo ao Abril de 74


sinto-me: tuga
música: Somos livres (uma gaivota voava voava)

publicado por faustofigueiredo às 16:37
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De São Banza a 25 de Abril de 2008 às 02:13
E foi um óptimo contributo, sem dúvida!
Obrigada por partilhar connosco o voo das gaivotas e, ainda mais, por não se deixar vergar pel desilusão!
Um fraterno abraço.


De Jofre Alves a 26 de Abril de 2008 às 01:35
Uma das mais lindas cantigas de Abril, de tal modo me marcou, que era a cantiga que eu cantava aos meus filhso pequenos, na década de 1990, para eles comerem!! Um marco, para mim. 25 de Abril SEMPRE!!! Boa semana.


De Primo Piranha a 28 de Abril de 2008 às 17:16
Acho que essas tuas incursões a Lisboa, tão perto da margem sul do Tejo, te soltaram a costela comuna que há em ti. Toma juízo!


De David Ricardo a 26 de Setembro de 2013 às 23:28
Uma nova estrofe que eu e uns camaradas meus cantavamos há 10 anos como acrescento à original!

Um fascista caía caía
duma janela do 7º andar!
Como ele ainda há muitos
ainda há muitos
Para atirar!

Um grande abraço fraternal!
Uma grande musica para lembrar!
E continuar a cantar! Para lembrar as conquistas ganhas, as perdidas e tudo o que será nosso outra vez quando o povo assim quiser!


Comentar post

o que voçês queriam saber sobre mim
procure aqui
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

MEU NOVO BRINQUEDO DO BRA...

XAU

O NOVO BRINQUEDO DO FAUST...

FAUSTO DEIXOU DE SER MILI...

Composição do João

NÃO SOU CANDIDATO A LIDER...

O festival da canção e aq...

O futuro foi feito no ant...

Algo sobre as passitas de...

Fumex

Gilberto Vicente - um esg...

CESARIANA = GAY - Teorias

Resposta estupidas para p...

Informático-dependente

Uma gaivota de Abril, uma...

Velharias

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

links
famoso piquenique
curiosos
alquiler de pisos
alquiler de pisos
blogs SAPO
subscrever feeds