"Todos os devaneios que me vão na cabeça, que me foram da cabeça e que me hão-de vir até à cabeça. Todas as mentiras e verdades que me foram impostas, todas as torturas que eu vi. Todos os momentos; um principio de vida, o meu desnascer."
Terça-feira, 27 de Março de 2007
As conversas dos governantes
 
Estes arrepiantes governantes apareceram hoje a falar dos sucessos na luta contra a fuga e a evasão fiscal. Números e mais números com processos, contra-ordenações, acusações, prisões, percentagens de tudo isto e, ainda mais comparações, previsões e sei lá que mais. De pôr a cabeça tonta a quem ouça e tente assimilar toda aquela panóplia.
Para além da continuação da campanha publicitária para manter o assalariado do BCP/Opus Dei na liderança da DGCI, todos devemos ficar satisfeitos com uma mais justa cobrança de impostos e da luta contra a fuga ao seu pagamento.
Para além de uma campanha publicitária, alguém veio lançar-nos a todos o repto de colaborarmos com o fisco nessa luta. Há que mudar as mentalidades e cada um de nós, cidadãos, deveriam sempre pedir o recibo em todo o lado e em cada despesa. Se eles não pagam o imposto quer dizer que é imposto pago por nós. Tudo isto é verdade, mas eu vou continuar a só pedir recibo em certos lugares e a não o fazer em outros. Peço desculpa a todos por esta minha falta de “cidadania”, mas para o fazer teria de ver cumpridas certas premissas.
Nunca irei pedir àquele senhor, um dos reformado da pobreza, que faz uns biscates e que me vem aqui substituir uma torneira ou fazer qualquer outro pequeno trabalho. Também àquele desempregado ou ao outro, o trabalhador com ordenado mínimo, que ao fim-de-semana ou depois do seu horário de trabalho, me vêm pintar um quarto nunca lhe pediria um recibo. Nem ao senhor ali da mercearia da esquina, que se mantêm aberto, cheio de dificuldades por não poder concorrer com as grandes superfícies, ou às pequenas lojas do bairro, portas meias com lojas de 300, nem ao pequeno restaurante que serve almoços baratos para tentar ganhar alguns clientes nos trabalhadores da zona, gente sem muito dinheiro para comer fora todos os dias. Toda esta gente abandonada por todos os apoios, agredida na viabilidade dos seus negócios pela gula dos grandes magnates do comércio, esforçada, para tentar manter o seu pequeno negócio ou simplesmente a sua sobrevivência não merece que eu lhes faça tal coisa. Essa gente não merece que eu os obrigue a ir dar do pouco que têm a um Estado que os abandonou e que pouco ou nada faz por eles. A esses não vou certamente pedir a factura ou o recibo.
Como disse concordo que todos devemos pagar os nossos impostos, mas gostava de ver esse dinheiro bem gerido e bem gasto. Dá uma certa raiva ver o nosso sacrifico, o nosso dinheiro que tantas vezes nos faz tanta falta, a ser esbanjado em Otas e TGVs, em rotundas sem sentido, em mordomias, em negócios corruptos, em enriquecer alguns à custa de todos nós. Talvez quando vir e sentir que esse meu dinheiro está a ser gasto naquilo que é o essencial, a saúde, o ensino, na segurança, na criação de uma vida digna para todos, quando vir o estado servir para aquilo que existe que é servir o país ou seja todos e cada um de nós, então talvez aceite a ideia de ser um policia do fisco. Até lá, se não se importam, vou continuar a dar à minha consciência a primazia da decisão. E desde já agradecia que não passassem por mim na rua e me acenem com um obrigado.
 
 


publicado por faustofigueiredo às 17:27
link do post | comentar | favorito

o que voçês queriam saber sobre mim
procure aqui
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

MEU NOVO BRINQUEDO DO BRA...

XAU

O NOVO BRINQUEDO DO FAUST...

FAUSTO DEIXOU DE SER MILI...

Composição do João

NÃO SOU CANDIDATO A LIDER...

O festival da canção e aq...

O futuro foi feito no ant...

Algo sobre as passitas de...

Fumex

Gilberto Vicente - um esg...

CESARIANA = GAY - Teorias

Resposta estupidas para p...

Informático-dependente

Uma gaivota de Abril, uma...

Velharias

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

tags

todas as tags

links
famoso piquenique
curiosos
alquiler de pisos
alquiler de pisos
blogs SAPO
subscrever feeds